Bem-Vindo

Outubro


Amigos

Em 6 de Outubro houve eleições legislativas em Portugal. Independentemente da opinião de cada um, que não é para aqui chamada, é inegável que Portugal percorreu nestes últimos 4 anos um caminho de progresso e que os resultados destas eleições premiaram quem esteve ao leme. O que interessa para o caso é se este caminho que Portugal tem percorrido também beneficia a nossa terra. Evidentemente que sim!

Mas, e há sempre um "mas" em tudo na vida, isso não vai alterar o processo de desertificação do interior. Estas contas que têm posto Portugal na linha da frente não mexeram em nada no que diz respeito à vida rural. A morte das aldeias do interior está iminente, por cada geração que passa a sua população diminui assustadoramente.

Portugal, que tem o seu interior a menos de 200 quilómetros do litoral, com excelentes vias de acesso, acumula tudo no litoral, grande parte em Lisboa, outra parte no Porto, Setúbal, Braga e noutras cidades no ou perto do litoral. Logo, entendemos que é apenas uma opção política. A morte das aldeias, vilas e cidades do interior só acontece por inacção do poder político!

Quer isto dizer o quê? Que nestas zonas que vão ficando esquecidas, onde se situa Benlhevai, a vida vai morrendo aos poucos. A agricultura deixa de ser rentável e abandona-se; A vida animal que se alimentava dessa agricultura morre; A juventude que não tira rendimento dessa agricultura emigra; O comércio, restaurantes, serviços e outras actividades morrem porque deixa de haver clientes.

Temos dito que Benlhevai ainda tem vida, muito mais que a generalidade das aldeias da nossa região. Isto deve-se ao empenho de muita gente, jovens incluídos, mas esta situação não vai durar eternamente. 

Temos que obrigar o poder político a olhar para nós! Como? Não sabemos.

Aceitam-se opiniões! 

Um abraço para todos!



Exposição de Pintura e Artesanato

Abriu domingo, 7 de Agosto de 2011, a primeira exposição de pintura e artesanato de Benlhevai.
A ideia nasceu na página da internet “Benlhevai.net”, foi posta à consideração da Associação Cultural e Desportiva de Benlhevai, e facilmente se arranjaram os meios para a concretizar.


Finalmente foi dada a oportunidade aos artistas de Benlhevai para mostrarem os seus trabalhos na sua terra, e ao público de para poder apreciar a qualidade dos seus trabalhos.


No dia da abertura o número de visitas ultrapassou a centena, e é unânime a opinião de que a qualidade dos trabalhos é excelente, e que a ideia de fazer esta exposição é de louvar e é para continuar.
Assim será!


Amigas e Amigos,

Mais um balanço, agora que a nossa página já tem cerca de mês e meio.

Com tantas visitas, com tantas ajudas e com tanto entusiasmo, podemos dizer que ainda usa fraldas e já anda, já fala, já corre.

No mês de Junho recebeu 775 visitas, e por isso anda feliz da vida.

Como se disse e nunca é demais repetir, esta página é de todos nós, qualquer que seja a ligação que tenhamos a Benlhevai. Estamos todos de parabéns!


Amigas e Amigos,

A nossa página já tem duas semaninhas. Ainda é uma criança, mas como foi um nascimento muito desejado, têm sido muitas as visitas a este bebé. Na primeira semana recebeu 377, isso mesmo, trezentas e setenta e sete visitas. Mas não se cansou, pelo contrário, ficou toda contente e quer continuar assim, a ser visitada por muita gente.

A partir de agora é no dia 11 de cada mês que vamos mudar-lhe a roupa, quer dizer, introduzir todos os elementos que formos arranjando e os que nos forem mandando nesse período.

Como se disse na abertura, esta página é de todos nós, qualquer que seja a ligação que tenhamos a Benlhevai. Vamos tratar dela com todo o carinho, vê-la muitas vezes, ajudá-la a crescer.


Amigos,
Esta página foi pensada há uns meses por quatro entusiastas destas coisas que têm em comum, para além de muitas outras coisas, o facto de gostarem da sua terra, Benlhevai.

Esta página destina-se a todos os que nasceram em Benlhevai, a todos os que residem ou já residiram em Benlhevai, a todos os que já passaram um dia por Benlhevai, a todos os que por um motivo ou outro têm Benlhevai no coração.

Vamos levar o nome de Benlhevai a todo o mundo, e assim podemos dizer que esta página se destina a todos os cidadãos do mundo.

Com esta página queremos aproximar todos os cidadãos de Benlhevai. Queremos fazer com que seja possível darmos um abraço, os que estamos em Benlhevai ou fora dele, por este Portugal inteiro ou por este mundo inteiro, em França, no Brasil, no Luxemburgo, na Venezuela, na Bélgica, na Suíça, em Espanha, na Itália, seja onde for.

Benlhevai é do tamanho do mundo e queremos juntá-lo com esta página.
Vamos encher esta página de fotografias, notícias, histórias, umas verdadeiras e outras daquelas que os nossos pais e avôs contavam, com alguma fantasia pelo meio. Vamos contar a história de Benlhevai desde o seu nascimento, há muitos séculos atrás, até à actualidade.

Vamos também falar de coisas tristes, dos que já nos deixaram, daqueles que construíram Benlhevai. Vamos falar de nós, os que estamos vivos, do que já fizemos e sobretudo do que temos que fazer para continuar essa construção.
Vamos dar notícias de Benlhevai, em cima da hora. Quem falecer, quem nascer, quem se casar, e outras notícias que sejam de interesse. Os jornalistas vamos ser todos, nós que escrevemos, vós que ides ler. Quem tiver uma notícia, mesmo que pense que não é importante, por favor mande-a. Nós vamos publicá-la.
Vamos falar de Benlhevai, espalhar o nome da nossa terra por esse mundo fora.

Um abraço para todos vós,
Sérgio Sousa, José Maria Fernandes, Adriano Macedo e Adalberto Teixeira